03
Nov 09

Visto que o tema "A Homossexualidade" é muito controverso, neste espaço iremos debater e demonstrar várias opiniões divergentes. Agradecemos também aos visitantes deste blog que nos informem das suas opiniões. A baixo mostramos a opinião da Igreja:

 

 

 

 «Vaticano. Igreja Católica continua guerra contra 'gays'

Bento XVI quer "ecologia do homem" que garanta distinção entre sexos

O Papa disse ontem que a homossexualidade e a transexualidade são uma "destruição da obra de Deus". Bento XVI apelou a uma "ecologia do homem", que garanta o respeito da distinção entre homens e mulheres tal como aquela é interpretada pela Igreja a partir da linguagem da criação.

"É necessária uma certa ecologia do homem," alertou o sumo pontífice num discurso de balanço à Cúria, a administração central do Vaticano, na sumptuosa Sala Clementina no Palácio apostólico do Vaticano . "As florestas tropicais merecem a nossa protecção. Mas os homens não merecem menos do que isso," acrescentou.

Segundo Bento XVI, se a Igreja Católica assume a defesa da obra da criação de Deus, "não deve apenas defender a terra, a água e o ar, mas também tem de salvar o homem da sua própria destruição". "O homem quer ser o seu próprio criador, ser o único a dispor daquilo que lhe diz respeito, mas ao agir dessa forma, ele vive contra a verdade, vive contra o seu criador," acrescentou o líder dos católicos.

Bento XVI criticou abertamente as teorias do género que se impuseram nas ciências sociais na Europa e nos EUA e estabelecem uma diferença entre a pertença a um determinado sexo - a identidade biológica - e o papel que a sociedade atribui aos indivíduos - a forma como cada um vive. Segundo Bento XVI são essas teorias que justificam a homossexualidade e a transexualidade e, assim, afastam os homens da "obra do criador".

A Igreja Católica considera que a homossexualidade não é pecado, mas o actos homossexuais são-no. O Vaticano opõe-se ao casamento entre indivíduos do mesmo sexo - uma prática legalizada em Espanha, Holanda e Bélgica, no que toca a países europeus. Em Outubro um alto responsável da Igreja Católica classificou a homossexualidade como "um desvio, uma irregularidade, uma ferida".»

 

Fonte: Diário de Notícias

 

 

publicado por Homossexualidade 12ºE às 15:57

comentários:
Caros irmãos filhos de Deus:
a respeito a esta noticia do Vaticano, não poderia estar mais de acordo com as leis de Deus! (é de salientar que esta noticia do papa ja é do ano passado, mas como tudo na igreja é para sempre, esta noticia nao ira mudar por mais anos q vivemos).
As pessoas Homosexuais , sao pessoas doentes! Têm uma doença que pode ser tratada. Todas as outras pessoas que nao sao homosexuais , mas que aprovam a Homosexualidade tambem terao que ter outra maneira que pensar. A pensarem desta maneira, não serao bem vindos na Igreja, na casa do Senhor. Muitas das pessoas que estao na catequese, e q pensam desta maneira, estao num mau caminho. Quem nao pensar na maneira de Deus, nao terá capacidades para continuar as pegadas do senhor, tais como: A profissao de fé, e o Crisma. Crisma este, que é o ultimo caminho antes do Casamento. Quem faz o crisma, tem que estar ciente das Leis de Deus, e continuar com estas, e nao altera las , nem ter opinioes diferentes!
"amem-se uns aos outros, como eu vos amei" - Jesus disse isto, na logica da Amizade entre homens e homens, mulheres e mulheres, e homens e mulheres. E no amor entre Mulheres e Homens.
Nao levem por outros caminhos a natureza e a logica Humana. Sejamos todos Heterosexuais , como foi na Hera de Cristo.

Padre José Sandalhas a 5 de Novembro de 2009 às 14:45

Caro Senhor Padre

Desde o inicio da existência da igreja que esta tenta opor-se à vontade dos homens. Na idade média com a Inquisição, obrigava as pessoas a seguir a sua religião, agora quer obrigar as pessoas a ser miseráveis, só porque têm de seguir "a ordem de Deus" ou seja, não terem relacionamentos com quem querem. Para não falar da hipocrisia que existe nos elementos do clero, que desde o inicio da sua existência têm comportamentos ditos por eles mesmos desviantes, e têm relações homossexuais entre si como os demais mortais. Nós, homossexuais, não sabemos porque somos assim, não sabemos porque temos esta ou outra tendência, mas sabemos que não deve ser a igreja a impor-nos o que devemos ou não fazer, o que devemos ou não seguir, o que devemos ou não gostar. Cada um é como é, e dizer-nos que somos doentes é ofensivo e insultuoso. Mais insultuoso é pensarem que só por sentirmos atracção pelo mesmo sexo, não podemos acreditar em Deus. Deus este, que, tal como a igreja diz, ama todas as pessoas, independentemente da etnia, escolha sexual, defeitos, qualidades, língua, nacionalidade , e Deus perdoa, por isso, sugiro que pesem as vossas palavras e que peçam desculpa a Deus por serem tão injuriosos para com as pessoas diferentes.
Cláudio a 12 de Novembro de 2009 às 14:47

Apresentação
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!
Votação
arquivos
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

15
16
17
18
19

22
23
24
25
27
28

29
30


HIV - Filme de prevenção I
HIV - Filme de prevenção II
pesquisar
 
Visitas
mais sobre mim
blogs SAPO